LOGIN

Os campeões – Jornal Record

Aprender a ser confiante é essencial. Mas os grandes jogadores não são apenas jogadores confiantes, com uma forte mentalidade, eles têm uma característica que faz com que sejam únicos e se tornem essenciais: são SOLUCIONADORES DE PROBLEMAS.

Ter a mente focada em encontrar soluções para os desafios é algo que transforma drasticamente a performance de um jogador. Mas nem todos demonstram a mesma atitude dentro de campo. Alguns, perante os desafios e na dificuldade de os ultrapassar, acionam uma forma de jogar baseada em ‘não errar’, fazendo com que a sua mente antecipe por momentos um mau resultado ou uma má performance.

Na maioria das vezes defendem-se e protegem-se, atuando pelo seguro e evitando os erros, jogam simples e para trás. Outros, porém, sempre que se deparam com desafios, procuram analisar o que está a acontecer e de que forma podem obter resultados diferentes. São extremamente focados em encontrar soluções, a sua mente tem grande facilidade em processar os acontecimentos e estão treinados para ir ao encontro de novas formas de fazer as coisas. São os jogadores que mudam o ritmo de jogo, arriscam, lutam, driblam e comunicam dentro de campo, independentemente do resultado. Nunca se dão por vencidos, nunca entram num jogo, a não ser para ganhar.

Estes jogadores são peças fundamentais numa equipa, têm uma intuição muito apurada e a sua capacidade de análise acontece num modo automático. O seu cérebro opera com grande eficácia, o córtex pré-frontal processa toda a informação a uma velocidade incrível e conseguem lidar de forma brilhante com os pensamentos negativos que surgem, transformando-os em combustível para a sua performance. Estão sempre focados naquela que é a próxima coisa certa a fazer. Fazem as perguntas certas: “O que está a acontecer?” e “como é que eu resolvo isto?”.

Estes jogadores são o ponto de alavancagem da performance de uma equipa, pois mudam o rumo dos acontecimentos. Criar esta mentalidade, treinar o cérebro para funcionar desta forma em situações de pressão, aprender a adotar a atitude certa em cada momento, é aquilo que fazemos quando ensinamos um jogador ou uma equipa a jogar na sua máxima performance. Para podermos tirar todo o partido do talento e capacidade de um jogador, é essencial ensiná-lo a usar o seu cérebro de forma eficaz, uma vez que este é o principal motor de uma performance de excelência.

Susana Torres  –  Coach de Alta Performance