LOGIN

Causas e efeitos

O nosso cérebro antecipa o futuro com base nas experiências passadas. O que significa que, segundo os estudos existentes, cerca de 70.000 pensamentos são produzidos diariamente no cérebro, e se a experiência passada não foi a melhor, provavelmente todos os pensamentos serão influenciados por isso e a pessoa estará constantemente a focar-se no que não funciona e em todos os obstáculos que poderá enfrentar. Também não é de estranhar que, dependendo da qualidade destes pensamentos, algumas pessoas possam chegar ao final do dia completamente esgotadas e cansadas, com sintomas de desgaste mental, dor de cabeça, ansiedade, esgotamento, stress, alterações de humor, entre outras.

Quando precisamos de estar constantemente na nossa melhor performance para poder ter desempenhos de excelência, como aqueles que se esperam dos atletas de alta competição, é fundamental entender que este é um tema não só importante mas decisivo no que respeita à qualidade dos resultados. Em Alta Performance, este é um dos pontos onde colocamos a nossa atenção e para o qual procuramos ter estratégias que nos permitam alterar este padrão produzido pelo cérebro.

Outra questão que importa entender é que as nossas emoções são um resultado destes pensamentos, aquilo onde colocamos a nossa atenção, ou seja, os nossos pensamentos predominantes geram as maiores emoções. Também sabemos que o estado emocional que levamos para os momentos e para as situações é determinante para a qualidade do desempenho, que alguém altamente motivado, entusiasmado e feliz terá provavelmente um melhor desempenho do que alguém que se sente triste, frustrado, ansioso e preocupado.

Uma das coisas mais simples que podemos fazer é procurar ter CLAREZA sobre aquilo que está a acontecer e sobre os próximos passos a executar. É no meu entender, e de acordo com os resultados que tenho obtido com os jogadores com quem trabalho, a forma mais eficaz de lidar com o momento e transformá-lo se for esse o nosso objetivo.

Para ter clareza, precisamos manter constantemente duas questões presentes:

O QUÊ? – O que é que está a acontecer, qual o facto, a situação ou o acontecimento. Esta análise é feita sem opinião, sem especulação e totalmente focada na ação em si.

QUAL? – Qual o impacto que isso está a ter no resultado. Aqui procuramos perceber o efeito que isso provoca na forma como nos sentimos, na forma como nos comportamos, nas atitudes que decidimos ter, nos relacionamentos que promovemos, na qualidade da nossa comunicação, nas escolhas, nos resultados.

Quando ganhamos clareza sobre as CAUSAS e os seus EFEITOS, podemos mudar a situação. A única coisa que nos impede de mudar os nossos resultados na vida é a falta de clareza sobre aquilo que os está a promover. Jogadores que de repente mudam os seus resultados são jogadores que, em algum momento, entendem que eles são os únicos a quem compete esse trabalho.

assinatura susana torres