LOGIN

Campeão. E agora?

Chegou ao fim mais uma época – e que época! Quando chega ao fim, é tempo de usufruir dos bons momentos, das aprendizagens e, claro, dos resultados.

Este é o momento de equilibrar as outras áreas da nossa vida, é tempo de dedicar mais tempo a todos aqueles que estiveram ao nosso lado, mas que nem sempre tiveram toda a atenção. Agora é tempo de recuperar a sério, fisicamente e mentalmente, de repensar estratégias de carreira, de planear o futuro. Ser campeão acarreta, no entanto, uma responsabilidade acrescida: se por um lado lutámos para alcançar mais uma vez algo fantástico, por outro lado ninguém espera que entreguemos menos do que isso no futuro. Este é o grande desafio do sucesso, conseguir mantê-lo.

Defendo que os verdadeiros campeões ganham os jogos mesmo antes de entrar em campo, da mesma forma que uma excelente época acontece quando nos preparamos para ela mesmo antes de ter começado. E se agora é tempo de usufruir do momento, de festejar, dentro de poucos dias deverá ser tempo de começar a focar e planear. Muitas vezes as equipas acordam tarde de mais, lembram-se de começar a mudar a atitude quando as coisas começam a ficar difíceis, é por exemplo o caso de uma equipa que de repente se vê no fundo da tabela e que agora precisa fazer em poucos jogos aquilo que não se lembrou de fazer ao longo da época. Estamos cheios de equipas destas no nosso campeonato, equipas que se ativam quando lidam com o sofrimento. Os campeões têm outra mentalidade, sabem da importância de começar a ganhar o campeonato no primeiro jogo, um jogador com mentalidade de campeão sabe que mesmo de férias é um atleta de alta competição, mantém a forma física, cuida da alimentação, descansa o suficiente. Quando outros ainda gozam as férias, um campeão prepara-se para a pré-época, dando início a um trabalho que requer muita disciplina, que não o deixa desligar completamente, mas que faz a diferença e prepara os jogadores para a melhor época de sempre.

Um campeão não dorme, finge que está a dormir… Por isso, campeões, é fundamental desligar a ficha e descansar, limpar a mente, fazer um ‘reset’ e usufruir do momento. Mas lembrem-se: daqui a pouco tempo, tudo começa novamente e vamos precisar de provar tudo outra vez. Dentro em breve, quando uma nova época se iniciar, já ninguém vai querer saber deste título, todos os olhos estarão postos no próximo. Parece injusto, eu sei, mas é assim o futebol.